Mais conectados. Mais conteúdo. Muito mais Nova Veneza.

Especialidades de saúde gratuita a espera de pacientes na Unesc

O programa de reabilitação dos trabalhadores com doenças osteomusculares está sendo prestado no Núcleo de Promoção e Atenção Clínica de Saúde do Trabalhador (Nupac-ST) nas clinicas integradas da universidade.

São médicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos. Junto aos profissionais especializados, um espaço com equipamentos de ponta, inclusive piscinas terapêuticas e tudo gratuito. No entanto faltam pacientes trabalhadores. O programa de reabilitação dos trabalhadores com doenças osteomusculares está sendo prestado no Núcleo de Promoção e Atenção Clínica de Saúde do Trabalhador (Nupac-ST) nas clinicas integradas da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) desde o dia 20 de fevereiro.

"O problema é que são poucas as pessoas, os trabalhadores mais necessitados procurando o serviço", explica o coordenador do Núcleo, Willians Logen. Ao todo, oito profissionais fazem o atendimento nos três turnos facilitando o acesso do trabalhador dos 12 municípios da Amrec.  O investimento de R$ 1 milhão foi repassado por meio de um Termo de Cooperação Técnico Científica entre o Ministério Público do Trabalho, (MPT)  e a Unesc dia 30 de novembro de 2016.  O valor é resultado da condenação da Seara Alimentos (JBS), de Forquilhinha, devido aos diversos casos de trabalhadores lesionados na empresa. A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação (Sintiacr) em 2007. 

Segundo Willian, o público alvo são os trabalhadores com lesões decorrentes das condições de trabalho, principalmente os das agroindústrias, mas os pacientes de outras categorias também recebem o mesmo atendimento gratuito. "Estamos entrando em contato em vários horários com estes pacientes cadastrados em nosso sistema. Temos dificuldade de encontrá-los e, na maioria dos casos convencê-los de que este serviço é serio e gratuito", pontua. 

O coordenador enfatiza a importância dos trabalhadores com as doenças osteomusculares procurarem o atendimento. Mesmo aquelas que não estão mais em atividade nas agroindústrias ou demais empresas e, ou saíram com algum tipo de lesão. O agendamento para consultas pode ser feito via secretarias municipais ou direto no Nupac pelo telefone (48) 3431-2651 no seguintes horários: De segunda a sexta-feira das 8h ás 12h e das 13h30 às 17h30. Nas terças e quintas-feiras o atendimento é ampliado sendo efetuado ainda das 19h às 22h.

 

Colaboração: Maristela Benedet/Assessora de Imprensa - Sintiacr

Agenda cultural