Mais conectados. Mais conteúdo. Muito mais Nova Veneza.

Mateus Mastella

Do Wellington para frente... é complicado!

Assim é o Criciúma, pelo menos, dentro das quatro linhas. É claro que a zaga mostra problemas, falhas e desatenção, mas, mesmo assim, tem Luiz para dar uma segurança muito grande.

  • Escrito por Mateus Mastella

Levou o melhor

O Metropolitano tem uma estrutura de dar inveja, não precisa nem falar.

  • Escrito por Cristiane Freitas

A solução do início dos problemas

Os três atacantes no Criciúma, confesso, sempre foi um pedido meu. Não é porque o Tigre ganhou que vou aqui exaltar o esquema colocado pelo técnico Moacir Júnior; temos um ataque forte por causa de Silvinho, Juba, Neto Baiano, e os reservas com Lucca, Paulo Sergio, Jefferson, Bruno Lopes e até Maurinho formam um time veloz na frente.

  • Escrito por Mateus Mastella

Um Tigre só no nome

O animal Tigre, feroz e valente, só se resume ao mascote do Criciúma Esporte Clube. Nome este dado as cores, por causa do preto e amarelo, e também da força que o clube tinha dentro do Heriberto Hülse ou até mesmo fora. Claro que a força em casa é muito maior, mas fora o time não deixava a desejar.

  • Escrito por Mateus Mastella

Agenda cultural