Mais conectados. Mais conteúdo. Muito mais Nova Veneza.

Cultura e turismo da tradição Gaúcha

O turismo, de maneira ampla, proporciona o encontro de pessoas, o acesso à história, à cultura e ao modo de viver de uma comunidade, induzindo ao enriquecimento cultural.

Nesses termos, expressões culturais regionais ou locais, como o Movimento Tradicionalista Gaúcho - MTG, podem constituir-se em apelo ao turismo, em especial quando envolvem figuras mitologizadas e de forte apelo, como o gaúcho pampeano, um imaginário concebido e alimentado a partir do Estado do Rio Grande do Sul, através dos Centros de Tradições Gaúchas – CTGs e de eventos a eles associados, que costumam contar com um número expressivo de participantes.

Diversas áreas do conhecimento contribuem para o melhor entendimento do fenômeno turístico, do seu enfoque histórico. No mês de agosto, Nova Veneza festejou seu rodeio no CTG Fronteira da Serra que a cada ano traz um público cada vez maior e mais tradicionalista, são na maioria nossos vizinhos serranos de Bom Jardim da Serra que cultuam com muita força suas tradições.

Nesse ano, foram dezenas de tropeiros e simpatizantes que desceram a antiga Serra da Veneza, hoje, mais conhecida por Caminhos dos Tropeiros, que por diversas vezes seus antepassados fizeram a trilha com tropas de gado a essas magníficas terras para poder fazer girar a economia dos municípios.

O movimento dos CTGs já é bastante significativo para a economia do nosso município, além dessa festa organizada que temos no CTG Fronteira da Serra com barracas vendendo roupas e utensílios tanto para os animais quanto para as pessoas, existem pessoas pensando no turismo oferecendo cavalgadas em trilhas e fazendas, artesões que produzem  manualmente laços, encilhas e bainhas para facas.

Em pacotes oferecidos pela operadora Roteiros do Sul você pode desfrutar de um dia de cavalgada em trilhas, café tropeiros, chimarrão que são itens que remetem a cultura gaúcha.

História                                                                                  

O 20 de Setembro é a data máxima para os gaúchos. Neste dia celebram-se os ideais da Revolução Farroupilha, que tinha como objetivo propor melhores condições econômicas ao Rio Grande do Sul.

Em 20 de Setembro de 1835, tropas lideradas por Bento Gonçalves marcharam para Porto Alegre, tomando a capital gaúcha e dando início à guerra. O governador Fernandes Braga fugiu para a cidade portuária de Rio Grande, que tornou-se a principal base do Império no estado.

A cultura

A Revolução Farroupilha é o mito fundante da cultura gaúcha. É a partir dela que se estabelece toda a identidade do povo gaúcho, com suas tradições e seus ideais de liberdade e igualdade. Hoje a cultura gaúcha é reverenciada não só no estado, mas no país e no mundo, através dos milhares de CTGs (Centro de Cultura Gaúcha) espalhadas por todos os cantos. E a cada 20 de Setembro, o gaúcho reafirma o orgulho de suas origens e o amor por sua terra.

Foto: Anderson Machado

Agenda cultural