Mais conectados. Mais conteúdo. Muito mais Nova Veneza.

Sugestões para uma correta Introdução Alimentar

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde, o aleitamento materno exclusivo é até a criança completar 6 meses.

Após esta idade, o leite materno não consegue suprir todas as necessidades nutricionais que o bebê precisa, desta forma, é necessário complementar a dieta. Mesmo sendo introduzido outros alimentos, a amamentação deve continuar até os dois anos ou mais.

A alimentação complementar deve começar só após os 6 meses, porque o sistema digestivo ainda não está preparado para digerir outros alimentos, e uma introdução incorreta está associado a algumas infecções ou alergias decorrentes da alimentação.

A introdução de alimentos complementares, deve ser realizada com paciência e determinação. O processo é natural, mas algumas crianças podem resistir um pouco e se recusar em se alimentar. Caretas não devem ser interpretadas como recusa, na verdade, fazem parte do exercício de transição do mamar para o mastigar. Um alimento deve ser oferecido de 8 a 10 vezes em diferentes formas de preparo, para o bebê adaptar o paladar.

Um fato importante é que a partir do momento que outros alimentos são consumidos, além do leite materno, o bebê deverá receber água, sempre filtrada, para o bom funcionamento intestinal.

Introdução Alimentar:

Iniciar com papas e sucos de frutas, em pequena quantidade, sem adicionar açúcar ou mel. Primeiras frutas: banana (maça ou prata), maça, pera e mamão. Utilizar sempre frutas maduras, integras, sem furos ou manchas e sempre preparadas no momento de servir.

Sempre introduzir um alimento por vez e aguardar 2 ou 3 dias para oferecer outro (assim você poderá avaliar se houve alguma reação como por exemplo dores de barriga, diarreia ou manifestações cutâneas).

Por volta dos 7 meses, pode-se tentar introduzir uma papa salgada (legumes, tubérculos, verduras, carne). Amassar a papa com um garfo, e não utilizar o liquidificador.  Assim que tiver uma boa aceitação, a criança tem que receber a segunda papa salgada. Exemplos de papas: Macarrão + frango desfiado; Aipim + carne moída. Quando a criança se recusa a abrir a boca para a próxima colher, vira o rosto ou começa a brincar com a comida, é porque provavelmente está satisfeita. A partir dos 12 meses a alimentação da criança já deve ser similar à da família.

 

Alimentos que não devem ser utilizados antes do 1 ano:

- Alimentos alergênicos (frutos do mar, porco, leite de vaca, tomate, chocolate, amendoim);

- Produtos industrializados, com conservantes e corantes artificiais;

- Embutidos e enlatados;

- Doces industrializados;

- Mel;

- Frituras;

- Refrigerantes, café, chá e sucos industrializados, entre outros alimentos.

Vale ressaltar que isso é apenas uma síntese de alguns alimentos, o correto é procurar o profissional Nutricionista para maiores informações.

 

Ednara Savio Caetano

Nutricionista CRN 2342

Centro Comercial Azelinda Boaroli, Rua dos Imigrantes, sala 04,

Centro, Nova Veneza, SC

Contato: (48) 9609 2633

Agenda cultural